Browsed by
Autor: Reginaldo Mangue

Ciclone Kenneth na origem de refugiados climáticos em Cabo-Delgado

Ciclone Kenneth na origem de refugiados climáticos em Cabo-Delgado

Refugiados climáticos ou ambientais são pessoas forçadas a emigrar de sua terra natal em função de mudanças no meio ambiente. Algumas das causas de migrações motivadas pelo clima são a desertificação, a subida do nível do mar, secas, e a interrupção de eventos climáticos sazonais, como as monções. A Livaningo está na província de Cabo-Delgado no âmbito do projecto “Refugiados Climáticos: Impacto das Mudanças Climáticas nas Zonas Costeiras”, financiado pela Counterpart International – USAID). Na cidade de Pemba, encontramos no…

Read More Read More

Refugiados climáticos são uma realidade em Moçambique

Refugiados climáticos são uma realidade em Moçambique

As mudanças climáticas são uma das causas profundas do número elevado de pessoas forçadas a migrar no mundo. Só entre 2008 e 2015, uma média de 26.4 milhões de pessoas se deslocaram anualmente devido a desastres climáticos ou relacionados com eventos meteorológicos extremos. Moçambique não é excepção. Um pouco por todo o país há registo de refugiados devido às mudanças ambientais. O ciclone Kenneth que fustigou a província de Cabo-Delgado deixou sequelas em algumas comunidades locais que se viram forçadas…

Read More Read More

Igualdade de género – Uma história de sucesso

Igualdade de género – Uma história de sucesso

“Chamo-me Énia Francisco, 24 anos de idade, casada e mãe de dois filhos. Eu e minha família vivemos na comunidade de Matharia há muitos anos, província de Nampula. Desde cedo sonhei em ter um lar e sempre soube quantos filhos queria ter. Tive o meu primeiro filho no segundo ano de casamento, quando o meu marido escolheu o momento certo para eu engravidar. Na minha casa quem tomava as decisões era meu esposo, mas agora as coisas mudaram. Temos aprendido…

Read More Read More

A terra onde vivo – uma história de sucesso

A terra onde vivo – uma história de sucesso

Meu nome é Sumina Rasabo, tenho 20 anos de idade. Não sou casada mais tenho um filho, vivo em Namipaua, há 10 anos. Quando me tornei uma mãe solteira, um parente cedeu-me um terreno de meio hectare, onde construí a minha casa e também uso para fins agrícolas. Como forma de proteger esta terra, fiz parte de um programa de delimitação comunitária. O programa ajudou-me a ter DUAT que comprova que a terra onde vivo é minha e que posso…

Read More Read More

Aprendendo sobre Agroecologia – Uma história de sucesso

Aprendendo sobre Agroecologia – Uma história de sucesso

“Chamo-me Alzira Agostinho tenho 30 anos de idade e seis filhos. Sou camponesa e vivo na comunidade de Matharia no distrito de Ribaué. Desde cedo aprendi a trabalhar com a terra, numa machamba da família de sete (7) hectares de onde produzimos o milho, feijão cute, mandioca, mapira, repolho cebola e tomate.  Nunca tinha aprendido diferentes técnicas para o cultivo, apenas usava adubos químicos que compramos no mercado, por um valor que varia de 25 a 30 meticais uma latinha…

Read More Read More