Mulheres debatem sobre a sua vulnerabilidade às mudanças climáticas

Mulheres debatem sobre a sua vulnerabilidade às mudanças climáticas

“Mulher e Mudanças Climáticas” foi tema que serviu de reflexão durante uma mesa redonda promovida pelo programa AGIR e seus parceiros na cidade de Nampula. O evento está inserido nas comemorações do Mês da Mulher que celebra-se de 08 de março, Dia Internacional da Mulher, a 07 de abril, Dia da Mulher Moçambicana.

Participaram no encontro,  de cerca de 60 pessoas, na sua maioria mulheres camponesas, representantes de rádios comunitárias, ONG’s locais e o Governo da Província de Nampula. A Livaningo participou no evento, apresentando o tema “Mulheres e Mudanças Climáticas no Contexto Global”.

Durante a sua apresentação,  Joana Nhassengo, coordenadora de projectos na Livaningo,  enfatizou que “o mundo sempre esteve em mudanças, porém, nos últimos anos, as mudanças climáticas constituem uma grave ameaça à humanidade. Os seus efeitos têm agravado a condição de vida, reduzindo colheitas agricolas, forçando deslocamentos e aumentando assim a pressão económica e vulnerabilidade das mulheres”.

Acrescentou ainda que, as soluções para reduzir a vulnerabilidade das mulheres passam pela participação das mesmas na tomada de decisões a nível nacional e comunitário, por isso, elas devem assumir o papel de liderança e garantir que as suas vozes sejam ouvidas, de igual modo, devem promover energias limpas e renováveis e tomar a dianteira na promoção da agricultura sustentável.

 

Comments

comments


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *