Fábrica de alumínio e de plásticos tira paz de moradores do bairro de Laulane

Fábrica de alumínio e de plásticos tira paz de moradores do bairro de Laulane

Poluição sonora e fumo perturbam os moradores do quarteirão 41 no bairro de Laulane, provocando doenças como problemas  respiratórios e tosses frequentes.

Segundo alguns moradores contactados pela Livaningo, a situação e mais caótica na calada da noite devido ao fumo intenso que se espalha e entra nas residências. “Estamos a pedir ajuda para resolver esta situação que já esta a ser insuportável para nós, está a ter problemas respiratórios, as crianças já começam a tossir muito e com muita frequência” lamentou Saquina Benhane.

Por seu turno, o secretário do bairro afirmou que varias foram às tentativas de contactar os proprietários da fabrica, com vista a se encontrar uma solução para a resolução do problema, entretanto sem sucesso. “Tentamos ir falar com a gerência da fábrica, mas não conseguimos porque eles soltam os cães o que impossibilita o diálogo entre as partes. Nós não queremos que se encerre as portas da fabrica, o que queremos é que se coloque um filtro para diminuir o fumo” afirmou o secretário.

Por forma a se inteirar das denuncias feitas pela população daquele bairro, a Livaningo efectuou no passado mês de Abril do ano em curso, uma visita ao local e constatou, que para além dos problemas de poluição e barulho, existem outros problemas relacionados com indemnizações injustas com os trabalhadores que tem acidentes de trabalho.

Como acções de seguimento sobre os problemas dos moradores que residem nas mediações da fábrica, a Livaningo vai solicitar uma audiência junto dos proprietários da fabricas e das autoridades locais, com vista a encontrar soluções para o problema.

Comments

comments


Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *